10 de dez de 2008

Espaço musical - Ivete Sangalo


A Lua que te dei

Posso te falar dos sonhos, das flores...
de como a cidade mudou...
Posso te falar do medo, do meu desejo...
do meu amor...
Posso falar da tarde que cai
E aos poucos deixa ver no céu a Lua
Que um dia eu te dei

Gosto de fechar os olhos
Fugir do tempo, de me perder
Posso até perder a hora
Mas sei que já passou das 6
Sei que não há no mundo
Quem possa te dizer
Que não é tua a Lua que eu te dei
Pra brilhar por onde você for
Me queira bem
Durma bem
Meu Amor

(lalaralarara....Ohhhhhhh)

Eu posso falar da tarde que cai
E aos poucos deixa ver no céu a Lua
Que um dia eu te dei
Pra brilhar
Por onde você for
Me queira bem
Durma bem
Meu AMOOORRR
Durma bem
Me queira bem
Meu Amor

A lua que eu te dei...
A lua que eu te dei...

Um comentário:

Lua disse...

DONO..

sempre que olhares para o céu e lá veres a Lua, prateada, com toda sua beleza, seu mistério, imensa, radiante e luminosa, saibas que terás um pedacinho de mim nela a Lhe observar, a Lhe tocar de mansinho a pele, levando na brisa meu carinho até o SENHOR, pode ser que estejas encoberta, mas atrás das nuvens, lá ela estará, sempre,a iluminar.



"Soneto da Lua"

Por que tens, por que tens olhos escuros..
E mãos lânguidas, loucas, e sem fim
Quem és, quem és tu, não eu, e estás em mim..
Impuro, como o bem que está nos puros ?

Que paixão fez-te os lábios tão maduros..
Num rosto como o teu criança assim
Quem te criou tão boa para o ruim
E tão fatal para os meus versos duros?

Fugaz, com que direito tens-me pressa..
A alma, que por ti soluça nua..

E és tão pouco a mulher que anda na rua
Vagabunda, patética e indefesa
Ó minha branca e pequenina lua!

Vinicius de Moraes


Beijos cheios de saudade, loucos de vontade..
Sua escrava
lua_Sr.Kleiton e Deusa_KL