21 de jan de 2009

Menage á trois


Sempre que leio ou vejo blogs mais especificamente de BDSM, fotos, relatos, contos, etc, vejo sempre apenas menções ao menage feminino, raramente vejo alguma referência ao menage masculino

Seria por parte de quem domina ou do parceiro, egoismo, machismo, medo de ver sua mulher gozando em outros braços, preconceito, o motivo de ser tão dificil se ver algo escrito a respeito?
Ou talvez vergonha da parte feminina em ser julgada, como é de costume pelo meio BDSM ou a hipócrita sociedade em que vivemos, aonde apenas os homens podem ir em busca do prazer sem restrições, onde tudo é permitido e é normal, e as mulheres que buscam seu prazer não passam de putas e mulheres, vulgares, que por isso, não são feitas nem para serem nossas noras, esposas, namoradas, apenas uma amante descartável.
Será que apenas os homens tem desejos de ter duas pessoas na sua cama e a mulheres não sonham com isso também??? acho muito difícil elas não terem essa fantasia ou tara.
No fundo penso que o grande medo é o da opinião alheia, de ser comentado (a) , julgado (a), entre outras coisas, afinal estar com duas mulheres na cama, só faz bem ao ego e a masculinidade, já o contrario, são outros quinhentos ainda mais aos olhos do mundo moralista e machista em que vivemos.
Esse assunto daria linhas e linhas, mas não estou fazendo esse post para debater e sim para compartilhar um pouco das novas paisagens que estamos vivendo, afastados do meio BDSM por acha-lo moralista demais para meu e o nosso gosto, sem contar as intermináveis intrigas seja por egos, mulheres que se dizem submissas, mas que tem mais sentimentos baunilhas dentro de si do que de submissão ou brigas por ciúmes do Dono, sim porque muita vezes os Donos pertencem as sub e ai de quem chegar perto do idolatrado, amado e "exclusivo" Dono... puta é mínimo que se falam de uma mulher que busca seus desejos.
Gosto de levar minha vida sexual sem nenhum tipo de cobrança, seja na condição de Dom ou Homem, o sexo para mim é algo muito simples, meus sentimentos por uma mulher passam longe de serem conquistados na cama, como diz uma certa musica música, sexo é sexo, amor é amor. E hoje vivo isso plenamente, aonde há consciência que prazer e amor, podem sim conviver juntos, nem neuras e cobranças, por isso estamos nos divertindo muito com todas as opções existentes, dividindo nossa cama, com casais, homens e mulheres e sempre que dá vontade realizamos nossos desejos do SM, de sádico, masoquista e de submissão e domínio.
Sobre swing e menage feminino não há muito que falar, é de conhecimento de todos, em todas suas nuances, seja na pratica ou de ouvir falar.

O menage masculino existe algumas variantes, alguns visam mais ato voyeur, onde o parceiro ou marido deseja ver sua mulher transando com outro homem, e que esse proporcione o máximo de prazer a ela, seu prazer estar em vê-la tendo prazer, na beleza do ato, na sensualidade da transa, na energia que ilumina o ambiente.
Outra variante é onde o casal participa efetivamente da transa, ela sendo o alvo da atenção dos dois, sendo possuída pelos dois ao mesmo tempo ou revezando entre eles, em todas variações existente, o maior prazer estar na dupla penetração, nesse tipo de menage o objetivo é dar a ela a oportunidade de relacionar-se com os dois ao mesmo tempo.
Normalmente se procura em conjunto "o parceiro" outras vezes a escolha e da mulher, mas sempre em cumplicidade com o marido ou companheiro chegando em alguns casos até mesmo a parte masculina sugerir ou escolher o mesmo.
A questão do menage masculino é a dúvida que mais surge... é com quem vai se fazer.
Há uma grande procura de homens, todos querendo de qualquer forma fazer parte dessa brincadeira, mas a grande maioria não esta apta a isso, uma coisa e ter duas mulheres na cama, outra e ter um homem ao seu lado, isso inibe, constrange, deixa alguns envergonhados, e ai não tem como subir, rs.


Muitos querem por curiosidade, outros porque querem sexo fácil, e muitos curiosos que pensam só pq tem o pau grande podem dar conta do recado, agora experientes neste caso, são poucos, e não falo de experiência em relação ao sexo, e sim de experiência em relação a cabeça , pensamentos e uma opinião formada e entendimento de como funciona um menage, muitos poucos realmente estão capacitados para tal relação, sabemos disso por experiência própria, rs, mas quando tudo corre normalmente, não ha prazer maior, que uma mulher sendo devorada literalmente por dois homens.

Aconselho a quem deseje entrar no mundo do BDSM sendo submissa ou Dom, antes dar uma passadinha pelo meio do swing e pratica-lo, muitos dos nossos Dons e "submissas" tem muito a aprender com as esposas e maridos que curtem swing ou menage, um ambiente sempre harmonioso, não existe ciúmes, picuinhas, intrigas, maridos vão beber e fumar, enquanto sua esposa se diverte com outro homem, esposas batendo papo com outras tranqüilamente, enquanto seus maridos se acabam com outras mulheres. Chegando alguns casais a terem um (a) amante fixo (a), sem qualquer problema.
Entrei no meio BDSM achando que veria algo parecido com esse ambiente, onde fantasias, taras e desejos, fossem o prato principal, onde não houvesse preconceitos, julgamentos, ciúmes, etc, ledo engano, no BDSM nacional há espaço pra muita coisa antes do prazer e principalmente antes de por em praticas sua essência, suas bases, regras e princípios.

Como sei que vão pedir, rs, um relato fica para próxima oportunidade seja aqui ou no Blog da minha Deusa, e em breve a visão dela em seu blog post balanço final

Espaço musical - Bruno e Marrone



POR UM MINUTO

Todos os amantes já adormeceram
E todas as palavras já se calaram
Já não vive o mundo em que se perderam
Nem as madrugadas em que se amaram

Quero sentir, quero ouvir
Seus passos de volta à minha porta
Pra dizer que me amava quando estava longe
E deixar que amanhã, juntos nos encontre
E que passe a ser vida o que hoje é só sonho

E que se acabe os segredos
E que se aumente os desejos
E assim, enquanto eu te beijo
Que mude o destino, por um minuto
Que meu corpo encontre o seu corpo
Num prazer absoluto
E assim, enquanto eu te abraço
Me aperte em seus braços, por um minuto
De um jeito que só você sabe
De um jeito que só eu sei

Já não há razão pra não ser pra sempre
Dessa vez há de ser, tem que ser diferente
Não me deixe sozinho, nem mesmo um pouco
Que esse pouco me deixa cada vez mais louco

E que se acabe os segredos
E que se aumente os desejos
E assim, enquanto eu te beijo
Que mude o destino, por um minuto
Que meu corpo encontre o seu corpo
Num prazer absoluto
E assim, enquanto eu te abraço
Me aperte em seus braços, por um minuto
De um jeito que só você sabe
De um jeito que só eu sei

Um trago de felicidade


Um Trago de Felicidade
Maria Hilda de J. Alão.

Abre a tua alma
e deixa entrar o dia,
sorri, a vida continua.
Não cerres a porta interna
sem ela não haverá
entrada nem saída.
A luz desaparece,
não verás os cacos coloridos
do vitral explodido
da catedral dos teus sonhos,
espalhados pela estrada
prontos para ferir teus pés,
porque tens os olhos vendados
com o véu da dor.
Remove a venda,
acende uma lanterna,
tira a tranca
e escancara a porta.
Fica em pé na soleira,
respira fundo e abre os braços,
convidando todos os passantes
para um trago de felicidade
com o vinho envelhecido
nos tonéis do teu coração.

19 de jan de 2009

Meu corpo

Diante de mim
o seu corpo
jogado ao chão quase nu
marcado, arranhado, usado
no ar o cheiro
do meu gozo e do meu suor.
Diante dele o meu querer aumenta

o meu desejo é intenso

indescritível é a vontade de toca-lo

de cheirar, de sentir
de possuir
novamente
aquele corpo
jogado, surrado

que parece perdido
mas aquele corpo tem Dono

ele é Meu

Kleiton

14 de jan de 2009

Livre pensar - com Kleiton, rs.


Já que os fumantes
não nos respeitam
Respeitem os fumantes,
eles vivem menos!

Espaço musical - Titãs






É Preciso Saber Viver -Titãs

Quem espera que a vida
Seja feita de ilusão
Pode até ficar maluco
Ou morrer na solidão
É preciso ter cuidado
Pra mais tarde não sofrer
É preciso saber viver

Toda pedra do caminho
Você pode retirar
Numa flor que tem espinhos
Você pode se arranhar
Se o bem e o mal existem
Você pode escolher
É preciso saber viver

É preciso saber viver
É preciso saber viver
É preciso saber viver
Saber viver, saber viver!

8 de jan de 2009

Palavras ditas pela alma de um artista "mudo"

" A vida

é uma peça de teatro

que não premite ensaios.

Por isso cante, chore, ria e viva intensamente

antes que

a cortina se feche

e a peça termine sem aplausos."

Charles Chaplin


Seria muito bom se todos fizessem como o dito acima, curtissem sua vida, vivendo-a intensamente, mas infelizmente algumas pessoas não tem capacidade de fazer da sua vida uma peça de teatro, preferindo viver a vida alheia, já que a sua é uma vidinha sem sal, sem intensidade, sem cor.

Infelizmente ninguem pode viver a sua vida por você, somos nós, os próprios protagonistas de nossa passagem por essa vida terrena, se ficar ensaiando nesse palco que é a vida, a cortina vai se fechar e a vida passará por você, sem aplausos, sem realizações, terá apenas como lembranças, a inveja, a intolerância e a sua imagem sentada na ultima fileira, assistindo como se pode fazer da vida, uma deliciosa e prazerosa peça de teatro.

Sei que para muitas pessoas é dificil pegar as redéas de seu destino e montar o roteiro da sua peça, sei que romper as algemas que nos prendem seja por medo, conveniência, falta de coragem, não é fácil mesmo, imagino que seja muito mais fácil cuidar da vida alheia que romper com essa algema.

Mas é assim mesmo, viver a vida não é pra qualquer um, mas não se lamente, garanto que poderá viver através da nossa vida, uma das mais bela peça de teatro já montada, sente-se na ultima fileira e divirta-se, chore, ria, se emocione, cante e viva intensamente através de nós.
Apesar de não ser fã de novelas, ao deitar cedo ontem, vi uma cena que exprime muito do que existe, principalmente no meio BDSM...Uma personagem ao descobrir que sua inimiga estava viva, ganhou novo animo, seus olhos brilhavam, estava radiante, não porque ela estava viva, mas porque através dela poderia viver novamente intensamente a vida dela, poderia persegui-la, inferniza-la, etc. Simplesmente porque sua vida sem ela se tornou insignificante, é preciso vê-la brilhar para que sua vida tivesse sentido.

Uma dica para se ter uma vida melhor, mais intensa e digna de aplausos...

"Não se preocupe com a opnião alheia, faça o que seu coração lhe pede, não deixe de viver em virtude de outros, esqueça suas mágoas, se alguém lhe magoou perdoe, se não é possível perdoar siga sua vida, encontre forças para vencer as batalhas e também os desencontros e fracassos, jamais alguém será feliz vivendo pela metade."

Espero que essas poucas linhas lhe ajude a crescer ou traga alguma luz a sua vida, precisamos deixar de ser vitima das situações e sermos firmes como jóia preciosa na mão de um escultor
Se torne resistente para atravessar os desertos que surgem ao longo da vida e lhe de forças para encontrar um oasis no meio dela e seja feliz.

Mas se o seu caso for apenas maldade no coração, inveja e baixa estima, só resta lamentar e torcer para que um dia se torne uma pessoa melhor ou feliz pelo menos.

E sim, existe muito amor aqui nesse blog, mas um amor verdadeiro, que não cobra fidelidade, que não prende, que não mata a essencia de uma alma, aqui existe lealdade, um tipo de amor que talvez você não tenha a oportunidade de vivenciar pela pobreza de espirito que possue, se um dia houve erros, deslizes, seja de que parte for, todos foram postos a mesa e resolvidos por duas pessoas que se amam e adultas e que sabem que se há erros eles as vezes acontecem pelas circunstâncias do momento, mas no caso citado por voce, nem isso aconteceu, seu tiro acertou seu proprio pé (sorriso sádico), antes de denunciar alguém procure saber as veracidades dos fatos, nem tudo que dizem por ai é fato. Então minha linda, sente-se e viva intensamente e goze junto conosco, faremos o possível e o impossível para que tenha uma vida feliz através de nós.




6 de jan de 2009

Queridos Amigos - Complemento

Em complemento a postagem do Blog da minha Deusa, "QUERIDOS AMIGOS", concordo com tudo que foi escrito no livro " A casa dos Budas Ditosos" e compartilho inteiramente com o pensar da minha amada Deusa.

Por que não podemos transar com nossos amigos, se sexo antes de tudo é afinidades, sendo que, só consideramos amigos (as) aqueles que nos fazem bem estar ao lado, aqueles que sentimos afinidades, temos sentimentos de carinho e afeto, respeito, muitas vezes são nossos confidentes e companheiros de loucuras e aventuras, enfim, tudo que necessita para uma relação mais intima.

Nunca vou entender porque as pessoas preferem fazer sexo com estranhos, com pessoas que mal conhecem, ao invés de fazer com pessoas que fazem parte do seu circulo de amizades, ou de confiança, um paradoxo e tanto esse.

Não vejo como uma simples relaçao sexual possa estragar uma amizade, sendo feito por duas pessoas adultas, sabedoras de seus desejos e da sua sexualidade, não há razão para neuras em relaçao a isso.

Nunca fui de cantar mulher na rua ou em baladas e ir direto pra cama, gosto de antes ter envolvimento, conhecimento, procurar nuances na sua persnalidade, que possam me mostrar os melhores caminhos para que aja mais prazer na relação e uma maior cumplicidade.

Como sempre digo... " Se não comer minhas amigas vou comer quem???? "

Se a amizade é uma alma com dois corpos, o sexo são dois corpos em uma alma.

Um encaixe perfeito de cumplicidade, afinidades e sensualidade.

3 de jan de 2009

24 horas

Tu sabes
que sempre tive um sonho
Alguém como eu,
avesso ao que é certo
Que pudesse ir além do que é real
Que me desse sonhos e sonhasse os meus
Livre de alma, preconceitos e de pudores
mas com a mente e o coração presos a mim
Feito caça e caçador,
completos e incompletos sós
O que eu não sabia
é
que me faltava você.
O sonho se tornou real
trazendo plenitude
para minha alma
dando asas
ao que ela tem de mais intimo
Hoje nossa alma nua
é refletida em nosso olhar,
no nosso suor, nas nossas fantasias, no nosso coração
Pois é isso que eu sou e você também é
Foram 24 horas juntos, de muito prazer, loucuras, desejos e tesão
Mas há um momento marcante em meio a toda essa luxuria:
- Ver lagrimas em seus olhos ao reler juntos algumas passagens nossas nos nossos blogs.
Se o dia se resumisse apenas a esses minutos valeria tão quanto ao que vivemos..
Olhar no relógio e ver surpreso o dia amanhecendo, perdidos nos nossos papos, não tem preço.