19 de jan de 2009

Meu corpo

Diante de mim
o seu corpo
jogado ao chão quase nu
marcado, arranhado, usado
no ar o cheiro
do meu gozo e do meu suor.
Diante dele o meu querer aumenta

o meu desejo é intenso

indescritível é a vontade de toca-lo

de cheirar, de sentir
de possuir
novamente
aquele corpo
jogado, surrado

que parece perdido
mas aquele corpo tem Dono

ele é Meu

Kleiton

4 comentários:

Duda disse...

Klê, linda poesia que se faz diariamente por seu amor pela Deusinha!!!

Um lindo restinho de semana pra vcs!

*bjos*

Deusa_Kl disse...

Meu Dono...

Não..Não..esse corpo não é seu..rs ele é todinho da Deusa..para o meu prazer..hehehe..
Não é assim que o Sr fala do meu corpito..rs Direitos iguais..rs

Para o teu corpo que é :

“Da cor do pecado”

Esse corpo moreno
Cheiroso e gostoso
Que você tem,
É um corpo delgado,
Da cor do pecado
Que faz tão bem.

Esse beijo molhado, escandalizado,
Que você tem
Tem sabor diferente
Que a boca da gente jamais esqueceu.

Quando você me responde
Umas coisas com graça
A vergonha se esconha
Porque se revela a maudade da raça
Esse cheiro de mato,
Tem cheiro de foto, saudade, triteza
Essa simples beleza, teu corpo moreno enlouquece.
Não sei nem porque
Só sinto na vida o que vem de você
Luciana Melo..


Te amo
Meu Amor

{Amar Yasmine}_DEXPEX disse...

Senhor Kleiton,
*sorrindo*

Passando para retribuir tua visita e pra pedir que volte sempre, levando sempre tua Deusa e tua Lua.
É muito linda a tua família, Senhor.

{{{{{{abraço afetuoso}}}}}}

{myrah}_ALDO disse...

Que poema lindo...
Quanta emoção e verdade voc~es transmitem.

Amo vocês.
Milhões de flores perfumadas.

{myrah}_ALDO