20 de fev de 2009

Praia, chuva e sexo com uma bonequinha de pano

Depois de apertar as malas, apertar as crianças, apertar os amigos delas, fomos para praia mesmo com o tempo nublado e já com um encontro marcado com um casal antes da viagem... confirmado ao chegar, nos dirigimos a um quiosque próximo ao apto, sentamos em um banco ao lado, namoramos um pouco, logo percebemos um carro procurando o quiosque e dando meia volta ao passar por ele, percebemos serem eles e esperamos eles descerem do carro para aprecia-los.
Ela, Patricia, elegante, baixinha, loira, saia preta justa e blusinha decotada, corpo bem torneado, Ele, Pedro, forte, simpático, maduro, nos apresentamos e sentamos para um bate papo, ele comunicativo, logo está a vontade, o que nos deixa também.
Falamos sobre tudo, família, filhos, empregos, amizades, um papo natural, tirando um comentário mais apimentado sobre sexo as vezes, era um encontro completamente normal entre amigos.
Ele logo repara na carinha e no sorriso safado que minha Deusa faz quando o papo esquenta e noto que sempre procura uma brecha para toca-la, na mão ou pernas, sinto que ficou entusiasmado com as feições dela.
Após algumas cervejas e refrigerantes, perguntamos as meninas se querem esticar a noite, ambas concordam com um olhar sacana entre elas e seguimos ao motel.

Chegando no motel, tivemos que pegar 02 suítes, fui a outra suíte pegar mais toalhas, ao voltar , Pedro já estava trocando cariciais com Deusa e Patricia fotografando ambos, me dispo, fico olhando um pouco, peço a digital e peço para Patricia entrar na brincadeira, mas algumas fotos e deixo a maquina de lado e puxo-a para mim, beijo-a, acariciando os seios fartos, abaixo sua cabeça para me chupar quando me deparo com uma cena até sensual , mas me da vontade de rir, minha deusinha parecia uma boneca de pano, era deusinha pra cá, deusinha pra lá, deusinha pra baixo, deusinha pra cima, sendo jogada pra e lá pra cá numa agilidade enorme pra alguém forte como ele, tudo em questão de segundos, já estava ficando tonto com esse vai e vem frenético, rs.

Volto a me concentrar na minha deliciosa companhia, Patricia, colocando-a de 4 na cama e começando a possui-la, inicialmente de forma carinhosa, estocadas ritmadas e lentas, ela começa a gemer, e começo a penetra-la com mais força e em ritmo acelerado.
Vejo Deusa sentada em cima do Pedro, e já sei que não ia durar muito, poucos são os homens que agüentam muito tempo com ela rebolando em cima deles, ele goza como previa em poucos minutos, puxo-a em nossa direção e dou-lhe um beijo.

Ela passa a acariciar e beijar Patricia que a cada minuto fica mais molhada, passo a mão por sua nuca e puxo-a pelos cabelos e penetro com mais força e rapidez , ela geme alto e gostoso sentindo as estocadas mais violentas, mudo de posição deito na cama, e peço para Patricia sentar no meu pau, puxo Deusa em direção a minha boca ela se senta nela, fico ali delirando com as duas, rebolando em cima de mim, Deusa percebe que Pedro fica alucinado com a cena e volta a acaricia-lo e beija-lo sem sair de cima da minha boca.

Mudo Deusa de posição, ainda sentada no meu rosto, coloco ela de frente para Patricia, para que possa toca-la e se beijarem, e assim ficamos por mais algum tempo, mas o casal de amigos precisava ir embora, resolvemos ficar mais um pouco, como o carro estava na outra suíte resolvemos ir para o outro quarto atravessando o pátio do motel só de toalhas, após muita insistência com os 5 minutos de timidez da Deusa que queria porque queria por roupa, só pra mudar de quarto, como é tímida essa menina, rs.

Terminamos a noite como de costume, vivendo a vida e gozando da forma que mais amamos, um nos braços do outro.

6 comentários:

Deusa_Kl disse...

Meu amor..

Hoje em dia agradeço aos meus pais por terem me obrigado a fazer durante 4 anos ginástica olimpica..rs
Precisei nesse dia por em prática todas as aulas que tive..hehehehe..e aja marabalismo com esse nosso amigo..rs
Foram dias maravilhosos..e como vc mesmo escreveu em meu blog nunca mais irei adiar mais nada em nossas vidas depois dessa viagem.
Que nossa relação a cada seja essa mistura de apoio, respeito, amizade, diálogo, companheirismo.. que faz com que duas pessoas tenham sintonia. Assim somos nós..Um não é igual ao outro,em alguns aspectos mas se complementam, se entendem. Ninguém precisa ter a mesma opinião sobre determinado assunto para ser respeitado. E não precisamos de esforços para respeitar a opinião do outro, é uma coisa natural e ambos são receptivos.
Somos duas pessoas andando lado a lado lutando juntas por nossos objetivos, Sonhos..vivendo e sendo felizes.


Desse jeito vão saber de nós dois
Dessa nossa farra
E será uma maldade voraz...
Nossos corpos não conseguem ter paz..

Nossos olhos são dengosos demais, demais
Que não se consolam, clamam fugazes
Olhos que se entregam, olhos ilegais..

Eu só sei que eu quero você
Pertinho de mim
Eu, quero você dentro de mim
Eu, quero você em cima de mim
Eu quero você....
Vanessa Da Mata


Ainda preciso dizer que te amo?
Mas mesmo assim eu digo..
Te amo..
No nosso horizonte..

lua_kl disse...

DONO


não vou mais comprar minha passagem para o Tibet...vou comprar pra Sampa..rss

saudadessssssss d+

lua_Sr.Kleiton e Deusa_KL

Deusa Circe disse...

...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

Klê, morrendo de rir aqui!!!
Como pode? rsrsrs
Vc chegou a rir ou somente quis rir?

rsrsrs

E a Deusinha? Viu o mundo rodar de tonta que ficou? rsrsrs

Sem querer falar, mas já falando demais aqui, os homens tendem a pensar que essa "movimentação" de jogar pra um lado, pra outro, essa performance escalafobética agrada a mulher, mas na verdade? Não agrada.

è preciso conhecer, já ter intimidade, para a partir daí fazer toda essa movimentação rsrsrs.

Bom, bom carnaval pra vcs!
*bjos*

intimidades disse...

hmm que bom

Jokas

Paula

As Moiras disse...

Não é pra judiarem com a Divina não! rs

Não sei o que é pior: o Kleiton chamar Divina de Emília (boneca de pano) ou o cara fazer da Divina uma Emília...

Pelos dentes de Drácula, nem me respondam rs.

Beijoooooooooooooooooos


(Vampira Olímpia)

Lizzie disse...

Por favor...me convidem pra próxima festa...affffffffffff.

Beijos, Liz.